Uncategorized

Óleo de damasco: Principais benefícios e indicações

Óleo de damasco

O damasqueiro é uma planta originária da China e Sibéria. Seu plantio nem sempre é fácil no solo brasileiro. O que não a impede de ser conhecida em nosso território. Mas você sabia que as sementes do damasco servem de matéria-prima para um óleo bastante nutritivo?

O óleo de damasco tem propriedades medicinais e, portanto, oferece benefícios diversos para nosso corpo. Uma das vantagens do produto é ajudar na manutenção da saúde e beleza da pele.

É que o líquido auxilia no relaxamento dos músculos e na cicatrização de ferimentos, uma vez que contém ácido oleico e linoleico, entre outros princípios ativos.

Nos cabelos, o produto costuma beneficiar quem tem fios extremamente secos ou com caspa, pois o óleo de damasco contém vitaminas A e E, ideais para reparação do local. E ainda promove o crescimento capilar.

Há quem use o óleo de damasco para cuidar de doenças e incômodos como: sarnas, psoríase, eczemas e coceiras.

A boa quantidade de vitamina A presente no óleo faz dele um excelente item para quem busca os melhores cuidados com a aparência, de forma natural.

Seu efeito anti-inflamatório e relaxante faz dele um aliado e tanto contra diversos tipos de danos.

Sem contar que pode ser associado a outros óleos de frutas para potencializar os resultados, especialmente no que diz respeito à maciez, uniformidade e redução dos sinais de envelhecimento do rosto.

Óleo de damasco vai além da estética

O uso do óleo da semente de damasco contribui para a saúde do sistema cardiovascular. Este óleo tem revelado ser capaz de diminuir o risco de ataque cardíaco em ratos e, provavelmente, tem a mesma função em seres humanos.

Uma forma de aproveitar o óleo é durante o cozimento dos alimentos ou como tempero para saladas.

O benefício do óleo extraído do damasco na prevenção do câncer (ósseo, de pele e cervical) é atribuído à presença de vitamina B17 em sua composição. Outra substância importante na prevenção de diversos tipos de tumores malignos é o caroteno, que está incluso no óleo.

Já no caso da artrite, sua vantagem está no fato de ser um agente anti-inflamatório, ajudando a aliviar os sintomas da doença.

O óleo de semente de damasco tem ação antigripal, pois auxilia o sistema imunológico. O que também contribui para combater resfriados e outros tipos de infecções.

Há indícios da ação do óleo de damasco no alívio de dores provocadas pelas úlceras e problemas no canal auditivo.

Também é coadjuvante no tratamento de enfermidades respiratórias, como a bronquite e a rinite.

E mais: atua na regulação do intestino, promovendo a desobstrução do “trânsito” intestinal.

O alimento ainda conta com vitaminas A, do complexo B (B1, B2, B3, B5) e C, além de cobre, potássio, ferro, magnésio e sódio. São elementos que favorecem o tratamento da anemia. O cobre e o ferro, por exemplo, são essenciais no processo de síntese da hemoglobina.

Com tantas vitaminas e outros micronutrientes encontrados no óleo de damasco, os cabelos são afetados positivamente, ficando mais brilhantes, sedosos e fortes.

O damasco é um alimento saudável, boa fonte de minerais e com propriedades terapêuticas, entre elas o tratamento da asma, tuberculose, bronquite e anemia.

Assim como a fruta, o óleo extraído das sementes de damasco fornece substâncias necessárias à saúde, bem-estar e beleza.

Com tantos produtos no mercado, às vezes é difícil escolher como manter os cuidados com a qualidade de vida em dia. Mas não custa nada dar uma atenção especial aos itens mais naturais, tais como o óleo de damasco, para ficar de bem com o espelho.

Aproveite!

Até breve…

Deixe seu comentário!