Uncategorized

Óleo de jaborandi: Cabelos mais fortes e sedosos

Óleo de jaborandi

Ter cabelos saudáveis e bonitos depende de vários fatores. Entre eles, uma alimentação balanceada e bons produtos. Quando a gente pode aproveitar os recursos naturais, melhor ainda, não é mesmo? O óleo de jaborandi é um deles.

O óleo de jaborandi é especialmente indicado quando os fios estão caindo além do que poderia ser considerado normal. Afinal, perdemos cabelos de vez em quando. O óleo capilar ajuda proteger nosso couro cabeludo, a devolver força, brilho e maciez perdidos por causa de agressões químicas e agentes naturais etc.

O óleo de jaborandi é um produto com propriedades anti-inflamatória, antiartrítica e antirreumática. Além de realçar os cabelos, o líquido também tem uso alimentício e terapêutico.

Usos internos e externos do jaborandi

  • Acne
  • Anormalidade com catarro
  • Afecção reumática
  • Alopecia (queda de cabelo)
  • Amenorreia
  • Artrite
  • Asma
  • Blenorragia (Gonorreia; “infecção venérea purulenta que se localiza inicialmente na uretra, mas que pode se estender para as estruturas urinárias e genitais, no homem ou na mulher”)
  • Boca seca
  • Bronquite
  • Caspa
  • Caxumba
  • Cólica intestinal e hepática
  • Deslocamento de retina
  • Diabete melitus
  • Difteria
  • Dor de dente
  • Edema pulmonar
  • Febre
  • Fezes ressecadas
  • Glaucoma
  • Gripe
  • Hemoptise (expectoração de sangue com origem no aparelho respiratório que pode ter diversas causas)
  • Hiper-hidrose (secreção de suor excessiva) local ou geral
  • Paralisia nos rins
  • Pleurisia (inflamação crônica ou aguda da pleura, a membrana que cobre os pulmões)
  • Pneumonia
  • Reumatismo

Nas madeixas, uma de suas principais aplicações, ele age como estimulante celular, ativador de secreção, regenerador de tecidos e tônico. Quando é um óleo de jaborandi 100% natural, sem acréscimo de substâncias químicas, melhor ainda para a saúde dos cabelos.

Neste caso, o óleo vegetal é extraído a frio, isto é, sua forma mais pura é conservada. O resultado é a preservação de sua bioatividade; os ácidos graxos essenciais contidos nele podem cumprir bem suas funções.

Um bom óleo de jaborandi in natura serve ainda para hidratação e massagem de nosso corpo. Ele pode ser utilizado sozinho, diretamente na pele e cabelo, ou misturado com cremes.

Conheça melhor o jaborandi e seus benefícios

O óleo de jaborandi é chamado de Pilocarpus microphyllus Lem – Rutaceae (Jaborandi Oil), sendo um item tipicamente brasileiro voltado aos cuidados com o bem-estar e a beleza. A parte extraída para fabricação do produto é a folha.

O jaborandi é uma pequena árvore que cresce no norte e nordeste do Brasil, com mais visibilidade no Pará e Maranhão, locais nos quais o cerrado é dominante.

A produção mais expressiva do jaborandi é notada na capital maranhense, servindo para reforçar a importância da planta na medicina popular brasileira. Uma prova é o hábito antigo de índios e caboclos de preparar chá de jaborandi com as folhas dele e aproveitar a bebida como diurética ou para provocar o suor intenso no corpo.

O arbusto traz vantagens tais como baixar a febre, auxiliar no tratamento da bronquite, laringite, asma e glaucoma, entre outras doenças. E é, ainda, um ótimo recurso no combate à acne.

O vegetal, que é usado interna ou externamente, contém essências, alcaloides, matérias resinosas e pécticas. Ao mesmo tempo em que surge nas receitas populares para resolver diversos problemas, serve para fabricar colírios com objetivo de combater o glaucoma.

Conhecer as propriedades do óleo de jaborandi e da planta para usá-los com frequência é fundamental para acertar no tratamento. Mas é sempre bom lembrar que a decisão de usar um produto, ainda que natural, deve ser aprovada e, se for o caso, acompanhada por um médico.

Existem relatos de diarreia, vômitos e insuficiência cardíaca ligados ao consumo do jaborandi. No uso externo, algumas queixas são de irritação nos olhos, redução da visão periférica e da sensação de claridade.

Mulheres grávidas, lactantes e pessoas com doenças cardíacas não devem utilizar jaborandi.

Cuide-se! E até o próximo post com mais óleos para tudo…

Deixe seu comentário!