Uncategorized

Óleo de quinoa: Nutrição e beleza ao seu alcance

Óleo de quinoa

Quinoa é um dos chamados superalimentos. Por aí você já imagina a riqueza nutricional e os benefícios que o óleo de quinoa pode proporcionar. Então, vem comigo, que eu trago mais detalhes sobre ele nos próximos parágrafos…

Primeiro, que tal conhecer um pouco mais sobre o grão que veio da região andina e dá origem ao produto? Assim, fica mais fácil de entender as razões pelas quais não pode faltar óleo de quinoa no seu armário.

A quinoa tem alto valor biológico. O motivo é que ela possui TODOS os 10 aminoácidos essenciais que nosso corpo necessita, e não fabrica. Principalmente um conhecido como lisina, muito importante na fase de crescimento.

O grão contém ainda: cálcio, ferro e ácidos graxos ômegas 3 e 6; fibras em grande quantidade; vitaminas do complexo B. O cereal também é uma excelente fonte de carboidrato, ajudando a fornecer a energia que nosso corpo tanto precisa para funcionar bem.

Curiosidades sobre a quinoa

O grão de quinoa, na verdade, não pertence à família das gramíneas. É considerado um pseudocereal porque tem alta concentração de amido (50-60%) e por sua qualidade proteica, sendo comparável à caseína do leite.

Famílias indígenas que moram na zona rural do Peru, Bolívia, Equador, sul da Colômbia, norte da Argentina e Chile têm o hábito de cultivar e consumir a quinoa. Ela serve de ingrediente em diversos preparos na cozinha desde os tempos mais remotos.

Hoje, a quinoa vem sendo produzida em centros agrícolas maiores e distribuída nas cidades grandes, nas quais muita gente está descobrindo a importância dela na manutenção da saúde, assim como novas maneiras de incluir o produto na alimentação, entre outros usos. O óleo de quinoa é um deles.

A quinoa e suas aplicações

Recentemente, a indústria cosmética vem descobrindo cada vez mais jeitos de utilizar produtos como a quinoa em suas formulações, especialmente no caso dos cabelos.

A intenção é oferecer compostos que ajudem a recuperar os danos causados por agentes naturais (sol, mar, vento) ou químicos (secador, chapinha, descolorações etc.).

É o caso do óleo de abissínia e quinoa, uma dupla imbatível que promove a nutrição intensa, hidratação e elasticidade dos fios.

A proteína vegetal encontrada na quinoa, quando incorporada a shampoos, atua nutrindo o cabelo e fazendo uma limpeza mais suave. Enquanto alguns aminoácidos auxiliam no reparo de danos causados à estrutura dos fios.

Por ser rica em vitaminas e minerais, a quinoa ainda facilita o crescimento dos cabelos e evita sua quebra.

Saiba mais sobre a quinoa e seu óleo

O óleo extraído do grão de quinoa apresenta melhor desempenho em relação à rancidez. Fator este atribuído a 52,63 mg de vitamina E (tocoferol), presente em cada 100g de quinoa e atuando como um antioxidante natural.

O grão de quinoa é uma fonte abundante de ácidos graxos essenciais, sendo que, destes, o linoleico e o linolênico atingem os 60%. Um diferencial em relação ao óleo de soja, por exemplo, que é mais suscetível à rancificação, pois oxida facilmente.

Na quinoa, o óleo apresenta a vantagem de ser mais estável. Seu uso em dietas para pessoas com dislipidemias é indicado, uma vez que auxilia na redução do colesterol delas.

O bem-estar e a beleza, certamente, são influenciados pelo que comemos. Como podemos notar, a quinoa oferece inúmeras possibilidades de consumo e aproveitamento de suas propriedades nutricionais.

Se você já descobriu os benefícios do óleo de quinoa ou dos grãos dela, parabéns! Caso contrário, fica a dica para uma vida mais saudável e leve.

Até o próximo post!

Deixe seu comentário!